quarta-feira, 11 de maio de 2016

Dicas de Oratória

Quem tem medo de falar em público?



Muitas pessoas têm receio de falar em público. O que para uns pode parecer uma diversão para outros parece mais um bicho de sete cabeças.

A oratória surgiu no século V a.C na Secília criado por dois gregos Tísias e Córax.  Na antiguidade, era usadas somente por fidalgos, pessoas de porte e influente na política e sociedade. Com o passar dos anos isso mudou, pois a arte de falar bem ficou sendo vista como uma habilidade ao alcance de todos.

Assim, no decorrer do tempo novas técnicas foram aparecendo e sendo incorporada a oratória a fim de aperfeiçoa-la cada vez mais. 

Vejamos a seguir a composição da oratória:

Apresentação;
Imagem;
Postura;
Argumentação.

Não basta apenas falar bem, tem que ter o poder de saber argumentar também, técnica essa que pode ser aprendida e, ou aperfeiçoada através de muita pratica e estudos.

A Imagem

Ela diz a platéia quem você é. Através dela apresentam-se elementos da comunicação verbal e não verbal, bem como vocabulários, gestos postura, tom de voz e olhar.

Alguns perfis mais comuns

Agressivo


Voz: Tom da voz e agressivo, autoritário, superior, arrogante e insolente.

Postura

Rígido, nervoso;
Impaciente e firme.
A linguagem corporal intimidativa;
Olhar fixo no outro;
Mãos na cintura;
Batidas de pé;
Dedos em riste.

Passivo


Voz: O tom da voz baixo, tímido, ansioso, voz trêmula, inseguro e angustiado.

Postura

A linguagem corporal de submissão
Ombros caídos, vergados mostrando insignificância;
Olhar baixo;
Mãos nos bolsos.

Assertivo

Voz: O tom da voz firme, confiante, seguro, modulado, relaxado e calmo.

Postura:

A linguagem corporal descontraída relaxado e com movimentos abertos;
Postura natural;
Bem posicionado;
Autoconfiante;
Corpo ereto;
Olha firme e bem distribuído.

O olhar nas apresentações

O contato visual com seu receptor é muito importante. Por isso, tome cuidado como você conduz seus olhares, pois olhar para cima, para baixo, horizonte, pode demonstrar nervosismo, ou até mesmo desconhecimento sobre o assunto em pauta. Sobretudo aquele olhar fixo numa pessoa pode causar desconforto.

Dica: Distribuir o olhar na plateia. 
Seleção das ideias;
Elaboração do conteúdo teórico;
Seleção do conteúdo visual;
Performance do apresentador; 
Conhecimento extra;
Chegue antes, prepare o local da apresentação. 
Lembrando sempre de verificar todo o material de apresentação e equipamento;
Movimentar-se;
Otimizar o olhar; 
Demonstrar bom humor;
Toda apresentação tem inicio, meio e fim;
Evite "Bem,....Bom,...ããã, éééé

Falar em público dever ser algo jubiloso e não um suplício.


Segue um vídeo de Mario Persona com altas dicas de como falar em público:







Nenhum comentário:

Postar um comentário